Bem-vindos a este espaço de partilha de todos para todos

Google+ Followers

sexta-feira, 20 de julho de 2018

Bem-Estar Integral - Abertura d´Alma Versus Rigidez Espiritual




Abertura d´Alma Versus Rigidez Espiritual


No Momentum destes Tempos de Mudança quantas forças se movem, encaixam e repelem. Debrucemo-nos sobre a Psique, não no sentido pelo qual a maior parte de nós conhece a palavra, mas no seu significado mais  antigo e profundo: Psique ou “Psiquê” vem do grego e significa Alma.
A Alma ou Anima é aquilo que anima, que dá vida à matéria. É a nossa faceta imortal, divina. É o veículo que nos liga ao Espírito = Supra Consciência.
Nenhum Ser vive sem estar ligado ao Espírito, e todos nós temos um veículo condutor, subtil, ao qual chamamos Alma. Não é possível separar um corpo material do seu espírito, e do veículo que o liga à sua fonte primordial. Existe ainda um desconhecimento de muitos sobre esta realidade.
Se hipoteticamente isso pudesse acontecer, uma separação, essas pessoas seriam apenas meios – seres, incompletos, e a sua “anima”, a sua luz, extinguir-se-ia, tão certo como o Sol desaparece cada dia no horizonte.
- Sempre que pensamos que não estamos voltados para o espiritual, como quando ouvimos alguém dizer: "estamos aqui para falar de coisas sérias e não de espiritualidades" ou então: "até acredito na espiritualidade, mas estamos aqui para tratar de assuntos reais" somos, ou estamos a tornarmo-nos em seres deficientes (aliás é a única deficiência que eu reconheço) a deficiência do bloqueio espiritual.
- Quando o ego coadjuvado pela ignorância nos separa da nossa Alma, tornamo-nos rígidos de sentimentos, de postura social, e até nos traços físicos…E esta rigidez reflecte-se normalmente em graves problemas de saúde a nível estrutural.
- Sempre que renegamos ou rejeitamos o Espírito, desligamos o interruptor da Luz, perdemos capacidades, neutralizamos a nossa lucidez. Continuamos no Caminho, mas fazemo-lo na escuridão. Todos sabemos o quão difícil é caminhar por veredas, e mais ainda, às escuras.
O nosso veículo consciencial é de nossa inteira responsabilidade. A limpeza, a manutenção, a nutrição, são condições fundamentais para o estado desse veículo.
- A limpeza, é pela qualidade dos nossos pensamentos e consequentes acções
- A manutenção, é o estado do SER, íntegro, harmonioso, simples e fraterno.
- A nutrição é o trabalho que pode e deve ser feito continuamente, na procura da elevação da consciência pelo conhecimento, pela gnose. E que esse trabalho individual se transmute pela alquimia do amor incondicional em sabedoria.
A expansão de consciência projecta-nos de degrau em degrau possibilitando e facilitando a ligação, a comunicação com a nossa Alma. Com satisfação, vemos como a “ciência” se vai reencontrando com a essência divina que é inerente a todos nós. Existem neste momento uma infinidade de dados, de certificações, de testes extraordinários, feitos por iminentes cientistas de todos os ramos. É preciso apenas pesquisar, trabalhar, e aceitar aquilo que encontre eco no nosso coração.
Mas também vemos com alguma apreensão, que muitos seres se fecharam na sua redoma de conhecimentos arcaicos, de pessoas empedernidas por conhecimentos académicos ultrapassados, e por densos traumas pessoais que norteiam as suas posturas na vida.
Vamos dar prioridade ao que é válido! Há tanto campo para colher: reler Platão– pesquisar a física quântica – estudar as ciências antiquíssimas como os Vedas ou a Cabala – tomar conhecimento do trabalho incrível de pessoas que actualmente estudam o Cosmos, e tanto mais.
Vamos integrar flexibilidade no nosso corpo mental e das nossas crenças, vamos fazer da nossa vida uma “dança” subtil e harmoniosa de integração entre a matéria e o subtil, entre o humano e o divino.

Maria Adelina de Jesus Lopes




Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja Bem-Vindo