Bem-vindos a este espaço de partilha de todos para todos

Google+ Followers

terça-feira, 26 de junho de 2018

Reflexão





“Queixamo-nos com razão dos mercados, da ganância das corporações, dos bancos e do capitalismo. Mas com muito maior razão nos queixaríamos de termos necessidades mínimas e vivermos com desejos máximos. É isso que cria, alimenta e reproduz os mercados, as corporações, os bancos e o capitalismo. São eles que a exploram, por via do marketing e da publicidade, mas a ganância é nossa. Vivamos com o mínimo: seremos livres e este sistema ruirá, incluindo a política que o serve. Vivamos com o mínimo, sobretudo com o mínimo de ego, se possível sem nenhum, e descobriremos a Plenitude que desde sempre nos habita.”

Paulo Borges

Co_fundador da União Budista Portuguesa
Professor Universitário
Escritor / Ensaísta



Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja Bem-Vindo